top of page
Buscar
  • Foto do escritorClinic Advance

Hérnia de Disco: O que é, Causas, Sintomas e Tratamentos

Atualizado: 27 de nov. de 2023



A hérnia de disco é uma complicação que afeta mais de 5 milhões de brasileiros. E, infelizmente, uma boa parte dos casos confundem esse problema com a dor nas costas, sem saber que o tratamento pode ser feito de forma simples e eficaz.


A fisioterapeuta Carolina Almeida, esclarece algumas dúvidas sobre esse assunto, que afeta tantos brasileiros. Confira este artigo e sabia como se livrar deste problema.


Afinal, o que é a hérnia de disco?

Quem pensa que a hérnia de disco está ligada somente à dor nas costas, pode estar um pouco enganado. Isso porque, essa complicação é dividida em três regiões do corpo, sendo uma delas a hérnia de disco cervical, que afeta a região do pescoço de quem a sofre.


Existe também a hérnia de disco torácica afeta geralmente, como o próprio nome diz, a região do meio das costas. Além disso, há também a hérnia de disco lombar, que talvez seja a mais conhecida dos brasileiros, que afeta região mais baixa das costas.


Segundo a especialista, também é importante lembrar que a hérnia de disco possuiu quatro fases. Eles são conhecidos como abaulamento, protusão, extrusão (hérnia de disco) até chegar no sequestro.


Quais são os sintomas da hérnia de disco?


Em termos mais técnicos, podemos dizer que essa complicação ocorre a partir do momento em que um disco intervertebral sai da sua posição normal, comprimindo as raízes nervosas que estão ligadas à medula e à coluna espinhal.


Com isso, temos como principais sintomas da hérnia de disco a dor que pode ser irradiada ou localizada, dormência, fraqueza de outros músculos próximos. Também se encaixa como sintoma, a sensação de choque não só na coluna, mas também nos braços e nas pernas.


E não é raro, também, nos pacientes com hérnia de disco, o famoso, “travar a coluna”. Muitas pessoas que sofrem com essa complicação, podem perder a mobilidade momentaneamente, devido ao deslocamento do disco intervertebral.


Não há uma idade específica para um paciente começar a sofrer com esse problema. Contudo, os primeiros sintomas aparecem, em maior parte dos casos, na fase entre os 25 e 40 anos.


Também é muito importante lembrar, que em alguns, a hérnia de disco pode ocorrer sem que o paciente sinta dor, tanto na região cervical, quanto na região das costas. Sendo assim, torna-se extremamente importante cuidar da postura ao longo dos anos, seja atentando-se à forma em que senta ou realizando o tratamento de alinhamento postural.


Causas da hérnia de disco

Segundo a fisioterapeuta Carolina Almeida, uma das causas da hérnia de disco é hereditária. No entanto, é um conjunto de vários outros fatores que favorecem o surgimento dessa complicação ao longo dos anos.


Além da herança genética, o excesso de carregamento de peso, principalmente quando é feito de maneira inadequada, e a má postura também podem levar um paciente a desenvolver esta complicação. Por este motivo, nota-se cada vez mais, pessoas com menos de 40 anos, já com indícios desse problema.


Tratamentos para a hérnia de disco

Como principal tratamento para hérnia de disco, a fisioterapeuta indica o alinhamento postural. Segundo ela, este tipo de manipulação melhora o espaço entre as vértebras, já que a complicação o comprimi.


Com ele, é possível melhorar e descomprimir a pressão e melhorar o espaço entre as vértebras, diminuindo as dores no paciente. Por isso, pode-se dizer que os melhores tratamentos, são terapias manuais e, além disso, trabalhar o fortalecimento e alongamento muscular.


Falando em fortalecimento, também pode-se dizer que uma das grandes aliadas no tratamento da hérnia de disco é a musculação. Esses exercícios são essenciais e extremamente importantes a quem possui essa complicação! Sempre orientado por um profissional capacitado.


Isso por que ela funciona como o exercício de fortalecimento durante o tratamento. E, claro, antes de ser iniciada é necessária uma avaliação presencial para traçar o plano de tratamento adequado para cada indivíduo, segundo Carolina.


Mas vale lembrar, que mesmo sendo uma grande aliada, a relação da musculação e hérnia de disco deve ser realizada com o acompanhamento de um especialista. Esse cuidado diz respeito a alguns exercícios, que são evitados, como, por exemplo, o carregamento de peso sob a cervical.


Além disso, é importante saber que a musculação só é recomendada nos casos em que o paciente não está com dor, alguma crise ou passando por algum processo inflamatório.


Procure sempre um especialista

Atualmente, 80% da população possui algum tipo de problema ou desgaste na coluna. E, por isso, é essencial tomar alguns cuidados e atentar-se ao tipo de informação buscada.


Corridas e exercícios físicos devem ser feitos sempre para uma melhora geral do estado de saúde da pessoa, mas, claro, sempre com o acompanhamento de um profissional!


Quer saber se você possui hérnia de disco ou tratar o problema? Marque uma avaliação com um de nossos profissionais clicando no botão abaixo! Venha recuperar a sua qualidade de vida com a gente!


7.862 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page