top of page
Buscar
  • Foto do escritorJorge Carvalho

Tendinite: o que é e como tratar?


mulher com tendinite no pulso

A tendinite é um dos problemas que mais prejudicam a qualidade de vida das pessoas. Os nossos tendões cumprem uma função importante, dando apoio aos nossos músculos e são importantes para os nossos movimentos do dia a dia. 


Aqui, vamos mostrar o que é a tendinite e como a fisioterapia pode ajudar a tratar o problema com maior eficiência. Para isso, convidamos o fisioterapeuta Pedro Henrique de Medeiros, da Clinic Advance, que nos ajudou a montar este artigo. 


O que é tendinite?

“A tendinite se caracteriza a inflamação do tendão, que é a junção entre o músculo e o osso. De maneira simples, os nossos ossos grudam nos nossos músculos, mas não diretamente. O tendão é uma parte fibrosa que faz essa ligação entre os músculos e ossos”, explica Pedro. 


Por conta de suas características, a tendinite é mais comum em pessoas que praticam esportes ou fazem atividades de esforço repetitivo. Além disso, essa condição é bastante comum entre idosos, já que os tendões perdem a elasticidade e as nossas articulações ficam mais frágeis com o passar dos anos. 


Quais articulações são mais atingidas pela tendinite? 

Algumas articulações são mais atingidas pela tendinite em nosso corpo, sendo mais comuns por conta das atividades de esforço repetitivo. Confira quais são elas abaixo:


Tendinite de Quervain

A tendinite de quervain atinge os tendões dos pulsos e se estende até o polegar. Essa inflamação costuma acontecer em pessoas que trabalham no computador e precisam mexer no mouse ou digitar durante várias horas por dia. 


Tendinite de Aquiles

A tendinite de Aquiles, como o nome já indica, atinge o tendão de Aquiles, que fica localizado entre o nosso calcanhar e a panturrilha. Esse tipo de lesão é comum em atletas profissionais e amadores de esportes como futebol e atletismo, por exemplo. 


Essa inflamação pode surgir por conta de alguma lesão, esforço repetitivo ou até calçados mal ajustados que podem apertar a região e inflamar o tendão. 


Tendinite Pata de Ganso

A tendinite pata de ganso é uma inflamação na região do joelho, que é formada por três tendões importantes para a flexão do joelho. Esse tipo de inflamação é mais comum em pessoas com doenças como a diabetes, deformidades do joelho, excesso de peso ou sobrecarga de peso no dia a dia. 


Tendinite do Manguito Rotador 

A tendinite do manguito rotador é uma inflamação bastante comum em tenistas e atinge a região do ombro e braço. Esse tipo de inflamação também é conhecido como “ombro de tenista”. 


“A pessoa pode ter uma tendinite leve, moderada ou grave. Nos casos moderados e grave, o paciente precisa passar por sessões de fisioterapia e lidar com um tratamento mais complexo e demorado para se recuperar por completo”, complementa. 


Quais são as principais causas e sintomas da tendinite?

A tendinite pode ser causada por conta de atividades de esforço repetitivo ou por outros fatores no nosso corpo. Confira mais sobre as principais causas abaixo:


Esforço repetitivo 

“Geralmente, a tendinite está ligada geralmente a esforços repetitivos. Uma pessoa que trabalha no computador, por exemplo, mexe muito no mouse e passa várias horas digitando, isso favorece o surgimento da tendinite no punho, cotovelo ou ombro”, afirma Pedro. 


Esse esforço também causa sobrecarga nos tendões durante a prática de alguns esportes de alta intensidade como tênis, vôlei, basquete, futebol e corrida. 


Fraqueza muscular 

Outra causa comum da tendinite é a fraqueza muscular. Seja a fraqueza causada pelo desgaste natural das articulações e músculos ou por outros agravantes como o sobrepeso, por exemplo. 


Outros problemas de saúde 

Outros problemas como a diabetes e a artrite reumatoide, por exemplo, também podem estar atreladas ao surgimento da tendinite. 


Todas as nossas articulações possuem tendões e estes podem inflamar por conta do uso excessivo da articulação ou por conta de alguma fraqueza na região, o pode causar uma sobrecarga na região do tendão e causando a inflamação. 


De modo geral, alguns dos principais sintomas da tendinite são:

  • Dor que piora na hora de movimentar a região inflamada

  • Dor que irradia para outras partes do corpo

  • Perda de força 

  • Dificuldade de coordenação motora

  • Espamos e contrações musculares

  • Inchaço e vermelhidão no local 

  • Limitação da mobilidade 


Como a fisioterapia pode ajudar no tratamento da tendinite? 

“A fisioterapia ajuda de diversas formas, tanto no tratamento como na prevenção para que a inflamação não volte. E para isso, é importante usar todas as técnicas e procedimentos possíveis como a eletroterapia, a termoterapia, a liberação miofascial, exercícios de alongamento e fortalecimento, entre outros recursos”, explica Pedro.


No caso da tendinite, se recomendado a realização de sessões de fisioterapia com intervalo menor para que o resultado seja mais satisfatório. O objetivo inicial é tratar a inflamação e fortalecer posteriormente a musculatura para evitar o retorno da tendinite no local. 


Nesse ponto, as sessões de fisioterapia junto com outros recursos como o uso de medicamentos para aliviar as dores, reduzir a inflamação de forma muito mais rápida e recuperar os movimentos a força dos músculos e articulações afetadas pela tendinite. 


Quer fazer sessões de fisioterapia para se recuperar da tendinite? Faça uma avaliação gratuita com um de nossos profissionais. Agende sua consulta agora! 




6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page