top of page
Buscar
  • Foto do escritorJorge Carvalho

Torcicolo: o que fazer e como tratar?


homem com torcicolo

O torcicolo é um dos problemas mais comuns e recorrentes no dia a dia das pessoas. Hoje em dia, com uma rotina intensa de trabalho e exposição a altos níveis de estresse e ansiedade, estamos expostos a situações que geram desconforto e causam uma forma rigidez muscular. 


Aqui vamos mostrar como a torcicolo surge, quais são seus principais sintomas e causas, como é possível prevenir o problema com dicas simples e como a fisioterapia ajuda a tratar o problema. Para isso, convidamos o fisioterapeuta Pedro Henrique de Medeiros, da Clinic Advance, que nos ajudou a montar este artigo. 


O que é torcicolo? 

“Torcicolo é um incômodo que acontece na região cervical, que é a parte mais alta da coluna. Muitas vezes, o problema é relacionado ao mal jeito. E que também pode surgir devido ao estresse e ansiedade. Esse incomodo gera uma inflamação na região do pescoço e isso faz com que a pessoa sofra com dores bem fortes e fique com os movimentos bem limitados”, explica Pedro. 


As dores e restrição dos movimentos do pescoço é causado pelo espasmo muscular gerado no torcicolo. Basicamente, o espasmo é uma contratação intensa do músculo, que é o que causa dor e gera a restrição de movimentos. 


Quais são os principais sintomas do torcicolo? 

Os sintomas do torcicolo são bem conhecidos, mas dependendo da pessoa podem variar em intensidade, duração e se apresentar de diversas formas. Confira abaixo quais são os principais sintomas do torcicolo:

  • Dificuldade para movimentar a cabeça

  • Inchaço e rigidez na região do pescoço

  • Ombro mais alto do que o outro 

  • Rosto assimétrico


Quais são as principais causas do torcicolo?

O torcicolo pode ser causado por diversos fatores e é importante entender o que pode causar a condição no dia a dia. Confira abaixo as principais causas do torcicolo: 


Má postura 

“Normalmente, o torcicolo é causado por algum mau jeito. Isso é comum, principalmente, em pessoas que dormiram numa posição errada e acordaram com dor. Isso também pode acontecer durante atividades físicas, em que algum movimento feito pode gerar essa tensão excessiva na região do pescoço e causar muita dor”, afirma Pedro. 


Se manter em uma postura incorreta acaba causando a sobrecarga nos músculos do pescoço, deixando a região cervical mais sensível e propensa a dor e forte tensão muscular. 


Estresse e ansiedade

O torcicolo também pode ser causado por forte estresse e ansiedade. Essas condições geram bastante tensão muscular no dia a dia e isso pode se concentrar na região do pescoço. Além disso, o estresse e a ansiedade podem favorecer a má postura no dia a dia.

 

Esforço físico excessivo

Atividades físicas e algumas atividades de trabalho podem causar o torcicolo devido ao esforço excessivo. Diversas atividades esportivas podem causar uma sobrecarga na região do pescoço e gerar o espasmo muscular que causa o torcicolo. 


E atividades de trabalho como o levantamento de peso, esforços repetitivos com a região do pescoço e o ato de carregar objetos pesados podem contribuir para o desenvolvimento do torcicolo. 


Como a fisioterapia pode ajudar no tratamento? 

“A fisioterapia vai ajudar a tratar a limitação do movimento e da dor com a eletroterapia, a compressa quente e a liberação miofascial para aliviar as tensões, promover o relaxamento da musculatura e recuperar a amplitude de movimento”, explica Pedro. 


Nesse sentido, podemos entender que a fisioterapia é uma forma de tratar o torcicolo em sua origem. Muito se fala de tratar o torcicolo apenas com o uso de medicamentos anti-inflamatórios, mas é muito importante implementar condutas para recuperar o pleno movimento e estabilidade da região cervical. 


“O tratamento não se restringirá apenas a região do pescoço, mas também aplicaremos as condutas na região dos ombros, das escápulas, do meio das costas e da coluna inteira. Também trabalhamos com as manipulações de terapia manual como a quiropraxia”, complementa. 


Como prevenir o torcicolo? 

Existem maneiras simples de tentar prevenir o torcicolo no dia a dia. É importante ter consciência para adotar uma boa postura e tomar certos cuidados na rotina. Confira abaixo algumas dicas simples para prevenir o torcicolo:


Atenção na sua postura na hora de dormir 

Geralmente, o torcicolo surge após uma noite mal dormida. Por isso, é importante encontrar uma boa posição e adotar um travesseiro adequado para dormir com mais conforto e diminuir as chances de causar o torcicolo ao dormir. 


Consciência corporal para melhorar postura

“Para prevenir o torcicolo, é importante que a pessoa possa ter uma consciência corporal para evitar ficar muito tempo em posturas erradas”, afirma Pedro. Busque adotar uma postura ativa e ter cuidado para não ficar por muito tempo em uma postura errada. 


Faça exercícios de alongamento diariamente 

“É fundamental que a pessoa faça exercícios de alongamento diário para não causar o acúmulo de tensão na região cervical. Essa é a melhor maneira de prevenir a torcicolo no dia a dia”, enfatiza Pedro. 


Quer tratar o torcicolo e prevenir dores? Faça uma avaliação com um de nossos profissionais e recupere a sua qualidade de vida. Agende sua consulta agora!



16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page